Recarga de Extintores CO2

De acordo com NBR 12962 a inspeção, manutenção e recarga em extintores de incêndio é obrigatório exame periódico, efetuado por pessoal habilitado, que se realiza no extintor de incêndio, com a finalidade de verificar se este permanece em condições originais de operação.

Níveis de Manutenção de Extintores

Manutenção de Extintor Nível 1

Efetuada no local por um técnico, sem necessidade de removê-lo para oficina especializada.

Manutenção de Extintor Nível 2

Manutenção que requer execução de serviços com equipamento e local apropriados e além disso técnico habilitado.

Manutenção de Extintor Nível 3 ou Vistoria

Processo de revisão total do extintor, incluindo a execução de ensaios hidrostáticos.

Tudo sobre Recarga e Manutenção de Extintores CO2

Primeiramente a recarga de extintor é a reposição ou substituição da carga nominal de agente e/ou expelente. Em segundo lugar os componentes são aqueles que formam o extintor, originalmente fabricado ou que são reconhecidamente fabricados pelo fabricante do extintor. Exceção para o quadro de instruções, desde que contenha as informações originais do fabricante e a identificação da empresa de manutenção.

Teste hidrostático de Extintores CO2 é com Al Recarga e Manutenção de Extintores RJ

Esse tipo de serviço deve ser sempre feito com uma empresa de qualidade e reconhecida no mercado, além de ser compromissada com a segurança dos clientes e com seus ambientes. A AL RECARGA E MANUTENÇÃO DE EXTINTORES RJ é uma empresa com todos esses requisitos, sendo sempre uma ótima opção em custo-benefício e de resultados realmente incríveis em teste hidrostático em extintores . Para isso, a empresa conta com funcionários e equipamentos de alta tecnologia a fim de propiciar resultado satisfatórios a todos seus clientes.

 Aquele executado em alguns componentes do extintor de incêndio sujeitos à pressão permanente ou momentânea, utilizando-se normalmente a água como fluido, que tem como principal objetivo avaliar a resistência do componente a pressões superiores à pressão normal de carregamento ou de funcionamento do extintor, definidas em suas respectivas normas de fabricação.

Manutenção e Inspeção de Extintores

Em suma, a frequência de inspeção é de seis meses para extintores de incêndio com carga de gás carbônico e cilindros para o gás expelente, e de 12 meses para os demais extintores.

 Recomenda-se maior frequência de inspeção aos extintores que estejam sujeitos a intempéries e/ou condições especialmente agressivas.

Sobre o Relatório de Manutenção dos Extintores CO2

  1. data da inspeção e identificação do executante;
  2. identificação do extintor;
  3. localização do extintor;
  4. nível de manutenção executado, discriminado de
    forma clara e objetiva.

Níveis de Manutenção dos Extintores RJ

A manutenção de primeiro nível consiste em:

  1. Limpeza dos componentes aparentes;
  2. Reaperto de componentes roscados que não estejam submetidos à pressão;
  3. Colocação do quadro de instruções;
  4. Substituição ou colocação de componentes que não estejam
  5. Submetidos à pressão por componentes originais, assim como;
  6. Conferência, por pesagem, da carga de cilindros carregados com dióxido de carbono.

 

 

 

Manutenção de Extintores Segundo Nível

A manutenção de segundo nível consiste em:

  1. desmontagem completa do extintor;
  2. verificação da carga;
  3. limpeza de todos os componentes;
  4. controle de rosca visual, sendo rejeitadas as que
    apresentarem um dos eventos:
  • crista danificada;
  • falhas de filetes;
  • francos desgastados;

5.Verificação das partes internas e externas, quanto
à existência de danos ou corrosão;

6.substituição de componentes, quando necessária,
por outros originais;

7.regulagem das válvulas de alívio e/ou reguladora
de pressão, quando houver;

8.verificação do indicador de pressão, conforme 8.2
e 9.3 da NBR 9654/1986;

9.fixação dos componentes roscados (exceto roscas
cônicas) com torque recomendado pelo fabricante,
no mínimo para as válvulas de descarga, bujão de
segurança e tampa;

10.pintura conforme o padrão estabelecido na
NBR 7195 e colocação do quadro de instruções,
quando necessário;

11.verificação da existência de vazamento;

12.colocação do lacre, identificando o executor;

13.exame visual dos componentes de materiais plásticos, com o auxílio de lupa com aumento de pelo menos 2,5 vezes, os quais não podem apresentar rachaduras ou fissuras.

Recarga de Extintores CO2

Não são permitidas a substituição do tipo de agente extintor ou do gás expelente nem a alteração das pressões ou quantidades indicadas pelo fabricante.

 

Para extintores de incêndio à base de dióxido de carbono CO2, deve-se proceder da seguinte maneira:

Este agente extintor deve ser substituído somente quando houver perda superior a 10% da carga nominal declarada, ou conforme previsto na NBR 11716;

  1. O dióxido de carbono (CO2) utilizado deve ser de grau comercial, livre de água e com pureza mínima de 99,5% na fase vapor;
  2. carregar o extintor somente com sua massa nominal de agente extintor, com uma tolerância de carga de 5% para menos;
  3. no ato de recarga, deve ser atendida a taxa de enchimento do cilindro, conforme o tipo de carga definido na NBR 11716;
  4. todo extintor deve ser ensaiado para detecção de eventuais vazamentos;
  5. antes do carregamento do agente extintor, deve ser verificado o dispositivo de segurança do tipo ruptura da válvula, de acordo com as instruções do fabricante;
  6. verificar a colocação correta e adequada do dispositivo anti-recuo “quebra-jato”, principalmente no caso de substituição da mangueira, ou quanto ao seu dimensionamento em relação ao alojamento da conexão.

 

Como funciona os Extintores do tipo CO2?

O extintor de CO2 age extinguindo o fogo por meio do método de abafamento, expelindo CO2 e reduzindo a concentração de oxigênio no ar. O dióxido de carbono (CO2) é mais denso que o ar e desce sobre as chamas.

Vantagens de usar Extintores do Tipo CO2

O extintor de CO2 de fato não danifica os produtos, equipamentos e ambientes em que é usado. Ele pode ser utilizado, sem problemas e danos, em aparelhos eletrônicos, computadores, telefones, salas de equipamentos de tecnologia. Por isso, o ambiente fica consideravelmente isento de resquícios e resíduos, facilitando, assim, o retorno das atividades após limpeza e ventilação.

Em contrapartida, os equipamentos com material leve devem ser evitados, já que o CO2 sai com alto nível de pressão de ar e isso pode facilitar o espalhamento de fogo e alastrar o incêndio para outras partes.

Está por dentro de tudo que o extintor de CO2 pode fazer por você? Agora, a AT Recarga e Manutenção de Extintores pode ajudar você a escolher se este é o sistema mais adequado para o seu empreendimento. Somos uma empresa especializada e dedicada ao desenvolvimento e aprimoramento de sistemas de prevenção e combate a incêndios e poderemos ajudar você a fazer a escolha certa.

 

“Certamente a sua melhor opção para Recarga, Inspeção e manutenção de Extintores RJ.”

AT Recarga e Manutenção de Extintores RJ

Contato

3 + 7 =

Rua Feliz Lembrança, Andaraí Rio de Janeiro

21 3496-9058

vendas@recargadeextintores-rj.com

Estamos Online!